terça-feira, 10 de maio de 2011

Drummond

"Nós passamos por diversas estações. Não são quatro estações dentro de nós, são inúmeras. E essas estações nem sequer são sucessivas, elas às vezes são imbricadas umas nas outras, elas se confundem. Então nós não sabemos hoje o que sentiremos amanhã. Essa precariedade, essa falta de continuidade do sentimento humano é o maior entrave ao amor".

Peguei aqui.


Ele

2 comentários:

Eclesia disse...

lindo demais isso né. Obrigado por transcrever aqui!

@evandrolmelo

móveis para escritório disse...

Meu poeta preferido. Adoro o Drummond das Gerais.